Os contraceptivos são usados para impedir a gravidez e no caso da camisinha para proteger contra DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis). Existem contraceptivos definitivos ou descartáveis.

Aqui está uma lista dos 10 contraceptivos ou métodos anticoncepcionais mais usados no momento:

1) Pílulas anticoncepcionais: Contém hormônios que evitam a produção de óvulos. Não evita DST.

2) DIU (dispositivo intra uterino): O DIU é composto por um objeto de plástico parecido com uma flecha. Ele possui um fio de cobre enrolado na parte inferior. (Veja foto ao lado). Evita a gravidez de duas formas, 1º o cobre tem função espermicida; 2º o DIU impede que o embrião se implante na camada do útero. Isto para alguns é considerado abortivo. Não protege contra DST.

3) Abstinência: Não ter relação sexual.

4) Coito interrompido: Retirar o pênis antes da ejaculação. Pouco seguro e não evita DST.

5) Cremes espermicidas: Substâncias aplicadas na vagina que matam o espermatozóides, são pouco eficientes e geralmente são associados ao diafragma.
 


(figura mostra o uso do DIU)

6) Diafragma: Evita a passagem do espermatozóides para o útero. Geralmente associado com o creme espermicida e não evita DST

7) Camisinha (masculina e feminina): Impede que o esperma seja depositado dentro do corpo feminino. Protege contra DST!

8) Tabelinha: Evita ter relação sexual perto do dia da ovulação. Não evita DST.

9) Vasectomia: Corte do vaso deferente e o amarro de suas pontas (é feito no homem). Não evita DST e é definitivo!

10) Laqueadura Tubária: Corta-se as pontas das tubas uterinas impedindo que os espermatozóides entrem em contato com o óvulo (é feito na mulher). Não evita DST e é definitivo
O Corpo Humano .com.br - Manuel S. - Melhor visualizado em resolução 800x600