jjjl jjl
 

Manter-se em abstinência nas primeiras semanas depois do último uso de drogas é algo que necessita de cuidados especiais. Durante este período de adaptação, onde muitas coisas serão reaprendidas e um novo posicionamento perante a sua própria vida começa a surgir, o dependente deve munir-se de pequenos truques para evitar uma recaída. Cada tipo de tratamento fornece vários deles, e por este motivo a pequena lista que segue abaixo deve ser apenas um complemento ou reforço a estes truques:

- Andar sempre acompanhado. A companhia de outra pessoa, de preferência da família, ajuda a evitar as recaídas. Se possível, alguém que tenha autoridade sobre o dependente.
- Não carregue dinheiro, talão de cheques ou cartões.
- Sem dinheiro disponível, comprar drogas ou bebidas fica um pouco mais difícil.
- Leve apenas o valor necessário para as passagens de ônibus, se for o caso.
- Evite os lugares que você freqüentava.
- Voltar aos locais onde se consumia drogas ou bebidas pode desencadear memórias que acabam se transformando em fissura. Se for necessário, faça caminhos mais longos para chegar ao seu destino.
- Fique longe dos antigos companheiros. Encontrar-se com pessoas que ainda estão na ativa é uma péssima idéia. Sempre surgem convites e recordações para os quais você talvez ainda não esteja preparado.
- Faça uma lista das piores coisas que aconteceram em sua vida por causa do uso de drogas. Carregue-a sempre consigo, para lê-la nos momentos em que a vontade for muito forte.
Além de dar tempo para que a fissura passe, estas recordações amargas servem para avivar os motivos que o levaram a escolher um novo caminho.
- Ocupe-se. A inanição é uma grande inimiga.
- Leia, trabalhe, estude, escreva, pinte, faça exercícios ou vá ao cinema. O importante é não ficar parado.
- Evite situações difíceis. Confrontos, discussões, tensão e irritações são incompatíveis com esta nova etapa.
- Esquive-se de pessoas que podem levá-lo a estas situações.
- Conheça e respeite seus próprios limites.
- Muitas vezes as drogas criam a ilusão de que podemos tudo. Substitua esta síndrome de super-homem pelo auto-conhecimento, respeitando suas limitações e defeitos. Por exemplo, não é necessário deixar de fumar apenas porque você deixou de beber. Apesar de causar sérios danos a saúde, o tabaco é uma droga que não causa alterações de comportamento como o álcool, e pode ser abandonado depois de algum tempo de abstinência etílica. O importante é que você se sinta preparado para os passos que vai dar nesta nova vida.
- Procure não ingerir bebidas alcoólicas. Mesmo que você seja dependente de outro tipo de drogas, evite beber. Depois de algumas doses, suas barreiras internas podem começar a ruir, tornando mais fácil uma recaída.

Encontre seu próprio caminho. Você é seu maior aliado. Reformule-se, questione-se, aprenda com seus próprios erros, mantenha-se otimista. Muitos outros conseguiram parar, e com certeza não eram melhores que você. Acredite. Vai dar certo.

"O inteligente aprende com seus erros, mas o sábio, aprende com os erros dos outros" - Provérbios


O Corpo Humano .com.br - Manuel S. - Melhor visualizado em resolução 800x600