O olho é responsável por captar a luz externa e passar suas informações para o cérebro. Para entender melhor o funcionamento do olho, olhe a figura a seguir:

Para que você possa ver, a luz tem que passar pela pupila e refletir na retina. Lá estão os "sensores ópticos", os Cones e os Bastonetes. Os cones são responsáveis pela visão colorida e os bastonetes são sensíveis a iluminação fraca e não detectam cor. Existe no olho um ponto chamado de ponto cego, nele não existem células sensíveis a luz. Da retina sai um nervo óptico que leva as informações para o cérebro.


A entrada de luz é controlada pela pupila, um pequeno orifício existente logo à frente do cristalino. A pupila fica maior quando há pouca luz mas, quando há mais luz, a íris se relaxa fazendo com que a pupila diminua e que entre menos luz. Quando saímos de um ambiente fortemente iluminado e vamos para outro mais escuro, nosso olho demora um pouco a se adaptar porque a íris tem que se contrair. 

Cada globo ocular é movido por seis músculos em diferentes direções. Dois músculos movimentam os olhos para uma lado e para o outro (C), dois que movimentam para cima e para baixo (A e B) e dois que completam os movimentos (D e E):



O Corpo Humano .com.br - Manuel S. - Melhor visualizado em resolução 800x600