Abaixo, algumas informações úteis sobre a malária:

Causadores: Plasmodium vivax, Plasmodium malariae, Plasmodium falciparum e Plasmodium ovale (veja fotos na seção no final da página)
Hospedeiro intermediário: homem
Hospedeiro definitivo: mosquitos do gênero Anopheles (veja fotos abaixo). Só as fêmeas vão nos picar e sugar nosso sangue (conseqüentemente, só elas são ofensivas, ou seja, só elas vão transmitir o parasita causador da malária).


(larva do Anopheles spp.)


(asa do Anopheles spp.)


(fêmea do Anopheles spp.)



Local do parasitismo: os glóbulos vermelhos (hemácias) do nosso sangue.

A malária é a doença parasitária que mais mata no mundo. Ocorrem aproximadamente 500 000 casos anuais de malária no Brasil, sendo que 99% na Amazônia.

Como você pode ver no ciclo apresentado acima, o parasita da malária passa por várias fases durante sua vida. Abaixo estão algumas fotos dessas fases (dica: ao dizermos "Plasmodium sp.", nos referimos ao gênero "Plasmodium" em geral):


(trofosoíto de um Plasmodium sp.)


(diferentes formas do Plasmodium sp., sendo a seta azul um trofozoíto, a seta verde um esquizonte e a seta preta uma rosácea)


(rosáceas do Plasmodium sp.)


(gametócitos de Plasmodium falciparum)


(gametócitos de Plasmodium vivax)

Prevenção

- Controle dos insetos transmissores adultos, com utilização de inseticidas (não-agrecivos ao meio ambiente!) ou controle biológico (usar inimigos naturais do inseto transmissor para poder limitar sua população).
- Controle das larvas dos pernilongos, que se desenvolvem em meio aquático doce. Para isso, deve-se evitar água parada em vasos de plantas, pneus vazios ou qualquer outro objeto que sirva de depósito d' água (aquela mesma história da dengue...).
- Tratamento adequado da água da piscina.
- Utilizar telas bem finas (mosquiteiros) nas janelas de residências para impedir o ingresso dos pernilongos.
- Evitar a exposição nos horários onde os pernilongos são mais ativos (principalmente ao amanhecer e ao entardecer).
- Utilizar medicamentos antimaláricos quando você for viajar para regiões mais edêmicas (mais afetadas).

O Corpo Humano .com.br - Manuel S. - Melhor visualizado em resolução 800x600