O Sistema excretor é composto na verdade de um órgão importante: os rins. Eles vão filtrar o sangue e retirar substâncias nocivas dele. Além dos rins, também existem as glândulas sudoríparas, que, como o nome diz, vão produzir o suor, que também contém substâncias tóxicas ao nosso corpo.

Essas susbtâncias nocivas ao corpo e que são liberadas no ambiente são chamadas de excretas. Desse modo é mantido o equilíbrio no corpo, chamado de homeostase.

Ao contrário do que muita gente pensa, as fezes não são excretas, são apenas fezes, ou seja, restos não aproveitáveis da digestão. Dentro do grupo das excretas temos basicamente o suor e a urína.

Sobre o suor e as glândulas sudoríparas eu vou falar mais pra frente. Vamos primeiro aos rins.

Nós temos dois rins, com aparência de feijões. Eles vão filtrar o sangue e produzir a urina, um composto rico em ácido urico e uréia, além de outras substâncias diluídas em água, é claro. Essas susbtâncias vão sair do rim e chegar à bexiga, através dos ureteres (um pra cada rim). A bexiga é um local de armazenamento, se não fosse ela, teriamos que viver no banheiro, porque a produção de urina é constante.

Da bexiga, sai um canal (tanto no homem quanto na mulher) que leva a urina pra fora do corpo. É a uretra.

Voltando ao rim, o sangue entra nele pela artéria renal e sai pela veia renal.

Como você pode ver na figura ao lado, o rim é composto por uma camada mais externa, o chamado córtex renal e uma mais interna, a medula renal.

A filtragem acontece no córtex, ou melhor, na unidade funcional do rim, que está presente no córtex e que se chama... tã, tã, tã, tã... néfron. Cada rim (são dois) possui mais de 1 milhão de néfrons!

O Néfron

O néfron é um longo tubo cheio de voltas. No início dele podemos observar uma estrutura chamada de cápsula de Bowmann. Apesar do nome complicado, ela é muito importante, pois é nela que vai acontecer a retirada de água e substâncias do sangue. Até as boas? Sim, todas as substâncias que são pequenas o suficiente para passar pela parede dos vasos sanguíneos.

Essas substâncias incluem vitaminas, sais minerais, glicose e mais um monte de outras substâncias (capazes de passar pela parede dos vasos), além das tóxicas claro, que tem que sair mesmo, né?

Mas por que essas substâncias saem? Na verdade é bem simples. Como você pode ver na figura abaixo, há um bololo de vasos (chamado de glomérulo) dentro da cápsula, assim, a própria pressão do sangue passando por esse glomérulo força a saída de água e das substâncias.


Após saírem dos vasos sanguíneos, a água e substâncias dissolvidas nela seguem pelo túbulo contorcido proximal. Eu sei que o nome é complicado, mas é só você lembrar que ele está próximo da cápsula de Bowman, por isso ele se chama proximal.


Nesse tubo ocorre a reabsorção (volta para o sangue) das substâncias "boas", ou seja, aquelas que o corpo precisa (tipo vitaminas, sais minerais e glicose) e que foram forçadas pra fora na cápsula de Bowman. Essa reabsorção pode acontecer por difusão ou transporte ativo.


Um pouco mais pra frente podemos observar a alça de Henle, onde vai ocorrer principalmente a reabsorção de água.

Após a alça de Henle, temos o túbulo contorcido distal. O macete com esse nome é você lembrar que esse é o tubo mais distante da cápsula de Bowman, e por isso ele se chama distal.

Nesse túbulo dizemos que ocorre a secreção tubular, onde celulas usam o transporte ativo para remover substâncias do sangue que não saíram na cápsula de Bowman.

Pronto, chegamos ao duto coletor. Aqui ainda ocorre um pouco da reabsorção da água.

A reabsorção de substâncias é controlada por hormônios, como por exemplo o ADH.

O ADH

O ADH (hormônio antidiurético) controla o volume de áqua eliminado pela urina. Ele é produzido no hipotálamo e liberado pela hipófise. Ele vai atuar nas paredes dos túbulos coletores e fazer com que fiquem mais permeáveis à água. Desse modo, vai passar mais água devolta para os vasos sanguíneos e o corpo não vai perder tanta água.

A liberação do ADH não ocorre ou ocorre em quantidade bem menor nos dias frios ou por causa da ingestão de álcool ou cafeína.

As glândulas sudoríparas

As glândulas sudoríparas como o nome já diz, são responsáveis por produzir o suor. O suor também possui substâncias tóxicas, mas não tão concentradas quanto na urina.

Além disto as glândulas sudoríparas possuem outra função, você sabe qual é? Elas ajudam a regular a temperatura de nosso corpo. É que energia é calor, e quando nossas células queimam o oxigênio e os nutrientes elas produzem energia, e já que energia é calor e nosso corpo precisa manter seus 36,5 graus de temperatura as glândulas sudoríparas eliminam o suor e assim o corpo perde calor para a água fazendo essa evaporar.

O Corpo Humano .com.br - Manuel S. - Melhor visualizado em resolução 800x600